A Editora

A Oficina do Livro Editora, fundada em 2001, nasceu do sonho de Silvia Bruno Securato em reunir pessoas que acalentavam o desejo de contar suas histórias.

A princípio, seu foco foi a mulher e o seu primeiro Best Seller foi a Coleção Nós, Mulheres – Desafios e Conquistas dos Novos Tempos. Foram publicados 10 edições nacionais e três internacionais: Nous, les Femmes du Brésil – publicado em Paris (2009); We, Women of the 21st Century, publicado em New York (2010) e Noi, Donne – Sfide e conquiste del Nouvi Tempi – em Milão (2014).
Com essa experiência bem sucedida, a Oficina do Livro tornou-se uma empresa de comunicação especializada na elaboração de antologias, ou seja – livros compostos por vários autores – com enfoques variados e temáticos.
Abriu suas publicações com vários títulos, reunindo a experiência de vida de homens e mulheres. A editora consegue, de forma simples e coerente, estreitar as relações entre autores e leitores, dando a oportunidade de um contato mais direto entre eles, despertando debates sobre os temas abordados.

Experiência

Desde 2001 reunindo pessoas que acalentam o desejo de contar suas histórias.

Antologias

Livros compostos por vários autores com enfoques variados e temáticos.

Sucesso

De forma simples e coerente, estreitando relações entre autores e leitores.

Por que Antologias?

Para escrever, basta ser alfabetizado, mas participar de um livro, escrever uma história… há de se ter uma dose de coragem que às vezes nem nos damos conta, mas… garanto, expor seus pensamentos, suas histórias, seu jeito de enxergar uma situação, é abrir a alma para desconhecidos, para pessoas que não te conhecem. É ou não um ato de bravura?
Muita gente, acredite, guarda o sonho de escrever, mas pelas dificuldades em editar, o projeto costuma ficar fechado em uma gaveta. Mas será mesmo que o problema é só editar? Falei com muita gente até entender que o que se levava em conta negativamente era também o fato de que o autor não sabia como fazer chegar seu texto nas mãos de outros leitores. Escreve, edita e… o que fazer com o livro?

As livrarias estão desaparecendo, uma tristeza… as lojas virtuais estão tomando conta do mercado, mas enfrentamos ainda a falta de hábito de leitura do brasileiro. Colocar livros nas mãos dos leitores está cada vez mais difícil no Brasil. Qual a saída? Antologias. O jeito mais democrático para lidar com novos autores. Funciona da seguinte forma: Cada antologia tem um tema, um título que lhe dá o caminho do texto. Cada capítulo é escrito por um autor. Cada autor se compromete em comprar uma quantidade de livros (varia dependendo da antologia). Desta forma, cada autor tem certeza de que seu texto está entregue nas mãos de, no mínimo, 500 pessoas.
Foi exatamente encontrando esse nicho de mercado que a Oficina do Livro Editora se fortaleceu. Hoje, após 18 anos e com várias antologias editadas, temos a convicção de que cada um de nós somos um verdadeiro Best Seller e devemos contar nossas experiências para a eternidade.

Isso não é sensacional?
É a união de esforços criando mais leitores e mais autores também.
Uma forma democrática de facilitar o acesso dos novos autores.