Ellen Dastry

Gostaria de deixar um depoimento sobre minha participação das antologias da Oficina do Livro. Quando participei da O quanto dela trago em mim, fiquei derrapando no texto; não tinha certeza de que iria participar, pois estava com os dias muito corridos. Foi quando Silvia Securato me ligou dizendo: “Seu capítulo está reservado, mande seu texto até sexta”. Parei o que estava fazendo e escrevi uma homenagem à minha mãe. Um mês depois, com o livro em mãos, visitei minha mãe e comecei a ler o texto para ela. Ela foi tomada por uma incrível emoção; chorou muito, me abraçou e disse que aquele texto tinha sido o maior presente que eu poderia lhe dar. Seis meses depois dessa tarde, minha mãe faleceu. Agradeço até hoje a insistência da Silvia para que eu participasse da antologia.

Textos provocam amor, alegria, emoção.

Texto é a vida escrita, sentimento transformado em palavras.

Não deixe de escrever, por favor. Faça isso por você.

Um beijo
Ellen Dastry